Cachoeiro Stone Fair vai à China em busca de novos negócios

Não é de hoje que a China é um dos maiores parceiros do Brasil em importação e exportação de matéria-prima e bens de consumo. No setor de rochas ornamentais, por exemplo, o país ocupa a segunda posição no ranking de importadores. Apenas em dezembro de 2017, foram mais de 14 milhões de dólares gastos pelos chineses com mármore e granito brasileiros.

“A China é responsável pela compra de mais de 40% do material de rochas produzido no Espírito Santo, então essa é uma oportunidade de estreitar relacionamento e aumentar as oportunidades de negócios entre os dois países”, aponta o subsecretário estadual de Transporte, Logística e Comércio Exterior, Neucimar Fraga.

Segundo dados do Sindicato das Empresas de Rochas Ornamentais do Espírito Santo (Sindirochas), entre os dez principais países que importam as rochas ornamentais capixabas, a China foi o que registrou o maior crescimento entre 2015 e 2017: 56,85%. Em 2015, as exportações do Espírito Santo para a China somaram quase US$ 48 milhões, chegando a atingir a marca de US$ 69,5 milhões em 2016. Já no ano passado houve um salto considerável – mais de US$ 75 milhões em exportações do setor para o oriente.

Para Tales Machado, presidente do Sindirochas, o Espírito Santo enxerga na China um parceiro promissor. “A China tem crescido gradativamente na relação com o Brasil. Nos últimos três anos, o país vem subindo muito, embora o peso ainda seja muito maior para os EUA”, detalha. O Estado recebeu mais de 10 missões empresariais chinesas nos últimos meses, confirmando o interesse crescente nos materiais capixabas.

Aproveitando o cenário positivo e buscando novas parcerias, uma equipe da Cachoeiro Stone Fair visitou a Feira de Xiamen, importante evento internacional para o setor de rochas. A expectativa é que a participação renda bons frutos para a relação entre o Brasil e o oriente, trazendo novos expositores e visitantes para o Espírito Santo.

Flávia Milanez, da Milanez & Milaneze, empresa promotora das feiras de Cachoeiro e Vitória, exalta a importância de se fazer presente nos eventos do calendário internacional do setor. “É uma ótima oportunidade para divulgar as rochas brasileiras e as feiras realizadas aqui. A China é um grande mercado para o Brasil, precisamos estreitar cada vez mais os laços e trazer mais parceiros”, pontua.


Nan’an: cidade parceira firma acordo para cooperação econômica

A equipe da Cachoeiro Stone Fair também participou, junto à comitiva do município de Cachoeiro de Itapemirim, de uma visita à cidade de Nan’an, onde foi firmado um acordo para cooperação econômica e comercial. O acordo visa estreitar o relacionamento com os chineses, impulsionando o desenvolvimento dos polos de mármore e granito das regiões produtoras na China e no Espírito Santo, em especial nas duas cidades.

“A receptividade foi fantástica. Na China, tivemos a oportunidade de vivenciar a cultura deles, nos negócios e no cotidiano. Agora, é dar continuidade ao que temos de proposta dentro dessa parceria, que tem como próximo compromisso a nossa Feira do Mármore. Muitos fornecedores chineses, como do setor de máquinas, já confirmaram presença”, afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Cachoeiro, Felipe Macedo.





Entre em contato com nossa equipe pelo email info@cachoeirostonefair.com.br ou telefone: +55 27 3434 0615 / +55 27 3434 0616